Meu Diário
28/02/2018 00h52
Maria

Nesta terça feira, 27/02, a primeira visita que fiz após chegar a Campo Grande, foi à casa da Maria. Nossa companheira e secretária durante mais de 8 anos.  Nos ajudou a cuidar dos meninos nas fases mais importantes. Uma companheirona. Eric e Mendel tinha algo como 5 e 6 anos, Elmer quase 10. Uma cozinheira de mão cheia , embora nao tivesse essa responsabilidade. Mas ela tem uma receita de um peixe frito com bacon e banana da terra que é fora de série, simplesmente magnífico. Hoje tive a felicidade de ganhar dela a receita do prato.

 


Publicado por LuizcomZ em 28/02/2018 às 00h52
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
22/02/2018 10h55
Manhã de treino

Academia Swell

Diário de bordo da nave Itapoá City. Hoje foi dia de treino para o recomeço, nunca é tarde, para mim pelo menos. Uma pausa na correria e no sedentarismo.

Treino Wilton e Mendel 

Wilton Domicinao

Mendel 

Eu só de olho nos abdominais do Wilton.

Por hoje está bom demais. Já cansei, agora #partiujoinville.


Publicado por LuizcomZ em 22/02/2018 às 10h55
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
21/02/2018 19h13
Dia de Chuva

Meu Pai, que a tua vontade se faça e não a minha; Se te apraz experimentar-me pela dor e pelas tribulações, bendito sejas, porquanto é para o meu bem, eu o sei, que a tua mão sobre mim se abate. Se é do teu agrado, Senhor, ter piedade da tua criatura fraca, dar-lhe ao coração as alegrias sãs, bendito sejas ainda. Mas, faze, que o amor divino não lhes fique na sonolência mórbida da alma, que incessantemente faça subir aos teus pés o testemunho do seu reconhecimento.


Publicado por LuizcomZ em 21/02/2018 às 19h13
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
20/02/2018 19h30
A dor na concepção espírita

O corpo é o instrumento da dor e se não é a causa primeira, pelo menos é  a causa imediata.

Todos sabemos que o amputado sente dor no membro que não existe mais.

Não estando nesse membro a sede ou o ponto de partida da dor; o cérebro dele conservou a impressão, eis tudo.

 

Estudo de O Evangelho no Lar - 20-02-2018

L.E. livro segundo Cap. 6 - Pergunta 257

 


Publicado por LuizcomZ em 20/02/2018 às 19h30
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/02/2018 19h01
Verônica Arias

VERÔNICA ARIAS

Voar, é algo o mais próximo daquilo que os pássaros tem por vocação

Embora seja algo que a alguns provoca medo, pavor, ou simples

Receio, sempre sentimos a necessidade em conversar com alguém, ser

Ouvido por alguém para quebrar o estresse e manter o

Nível, pelo menos dar a impressão de que somos normais.

Invariavelmente pessoas assim acabam por sentar-se em

Companhia de opostos, pessoas que lidam bem com essas situações,

Assim foi em um dos trechos que fizemos.

Ao nosso lado estava uma moça elegante, bem vestida, de

Requinte apurado e bem articulada. Embora acostumada a voar,

Inúmeras horas de voo não foram suficientes para se

Apaixonar, sobretudo, na decolagem e aterrisagem, esses

São os momentos mais tensos para ela.

Foram momentos de muita descontração, num tom sempre

Elevado, falamos de trabalho, viagens, família e

Livros, sempre com riqueza de detalhes e

Inspirados com boas lembranças e feli-

Zes por fazer as horas passar sem nos preocuparmos com o voo.

Amizades que nascem de situações                                                                  

Novas e inesperadas, tem por características ficarem

Impregnadas como se há muito tempo já nos

Víamos, as conversas fluem, os sorrisos são fartos

E reveladores, não há contraditas e as

Resistências são facilmente vencidas.

Serenamente foi relatando a convivência com os pais,

Amigos, o irmão, as comidas.

Responsável desde sempre a ponto de demonstrar um

Ínfimo resquício de toc, como se tudo precisasse ter

Originalmente sua marca, ainda que, indelével.


Publicado por LuizcomZ em 16/02/2018 às 19h01
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 9 de 53 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]