Textos


De Gaulle já havia preconizado lá na década de sessenta,
- Este não é um país sério!.
Qual o papel do STF? Seja lá qual for, é antes de tudo ter lisura, coerência e ética.
Lisura foi por ralo a baixo quando Gilmar Mendes manda soltar, em decisão monocrática, o réu Eike Batista, não se sentindo impedido pelo fato de ser casado com funcionária/sócia do escritório que defende o réu; coerência foi pisoteada pelo STF quando toma medidas diferentes para situações iguais, senão, vejamos. Já que é tempo demais para ficar em prisão preventiva um réu condenado, porque então não soltar os milhares de presos em situação idêntica nas cadeias brasileiras, e muitos deles inocentes, o que não é o caso do Zé.
Quanto a ética, bem, um ex funcionário do MPF, chamar os ex-colegas de juvenis, por fazer o que é certo, mandar prender quem rouba. Provavelmente o Sr. Gilmar Mendes nasceu velho, pena que não passou pela idade cronológica e moral dos jovens promotores.
Na verdade, estamos reféns de uma classe política e de juízes sem escrúpulos e noção de bom senso.
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 03/05/2017
Alterado em 03/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários