Textos


Amaldiçou-te em nome de Deus!

Neste sábado, 16 de Setembro, sites comprometidos com a notícia verdadeira, anunciaram a morte de Marcelo Rezende, jornalista, repórter e apresentador, aos 65 anos. O que mais me estarreceu não foi o fato dele haver abdicado do tratamento tradicional de quimioterapia e optado por um alternativo. Chocou-me um vídeo publicado em um dos muitos sites sensacionalistas, onde o “Pastor e Missionário de Deus”, Valdomiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, roga uma maldição, que seus seguidores, assim como ele próprio, chamam de profetização, o que na minha opinião é simplesmente blasfêmea. Disse, transferindo à Deus, que todo o mal que lhe advinha, seria pela mão de Deus, por o haver perseguido em seus editoriais no programa Cidade Alerta.
Em sã consciência, qual o papel de um repórter ainda que ele possa exagerar nas cores? Informar, alertar, dar sua opinião investigativa a respeito de determinado assunto. Todo mundo sabe que há pastores e pastores. Mas, desde quando Deus está preocupado com o tamanho do templo, das acomodações dos fiéis, das roupas que seus fiéis usarão nos cultos, seja de qual denominação religiosa for? Ora, tenho a certeza, e não faço a menor ideia de qual dos profetas (porque não pesquisei, o que seria muito fácil, o Google está na aba ao lado do meu PC), tenha dito na bíblia que o dizimo era para enriquecer o pastor e seus familiares. O propósito do dizimo tenho a impressão que é para a manutenção justa de qualquer templo ou igreja. Se você, fiel, paga algo a mais que o consumo da energia elétrica, das taxas de impostos, do papel higiênico, dos descartáveis para beber água, cafezinho, ou coisa do tipo, tenha a certeza de que esse dinheiro não é para Deus. Lá no céu que lhe espera, essa moeda, seja de qual for a nacionalidade ou valor, não tem valor nenhum. Caixão não tem gaveta. Onde vai o teu dizimo? Deveria ir apenas e tão somente para algum dos programas sociais e educativos que uma instituição religiosa possa vir a ter. Fora isso, deixa de ser ignorante, você está sustentando um hipócrita. Usa Deus para se locupletar. Agora, pior que tudo isso, se já não fosse pouca coisa, é usar Deus para justificar sua ira, sua incapacidade de aceitar críticas, e críticas que ele próprio dá motivos em ser alvo. Que cristão é esse que acusa, agride, blasfema, roga pragas e ainda tem o desplante de se dizer o pastor de um rebanho. Cristão segue as palavras e principalmente as ações de Cristo. Cristo diria à Marcelo, você será amaldiçoado pela mão de Deus. Claro que sendo Jesus a extensão, (se me permitem o termo), de Deus, o próprio Deus encarnado, diria Ele, Marcelo, você sentirá a ira e o peso da mão de meu Pai. Dá para imaginar algo assim? Que petulância, que arrogância desse fazendeiro ganancioso e predador desprezível.
Agora, se você que é fiel da Igreja desse sujeito, e segue suas ideologias, lembrem-se, todo cego guiado por um cego, no buraco cego cairá.
Pense nisso!
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 19/09/2017
Alterado em 20/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários