Meu Diário
14/10/2019 20h06
VENDE-SE

V E N D E - S E

Fino acabamento, ótima localização, espaço amplo, mesanino com vista para o mar, pintura novíssima e com vizinhança TOP, mas, não se enganem com a placa, o que está sendo vendido é a quantidade de amor, amizade, fraternidade, generosidade e muita criatividade por parte da esposa do proprietário, Carrasco, a Lígia Carrasco. Exímia criadora, ou devo dizer, especialista em uma culinária que é muito conhecida pelos orientais, é o kissoborô, sobretudo em se tratando de bolos e tortas. Numa bela casa só poderia habitar uma bela família. Os Carrascos, de Londrina, Curitiba e sabe-se lá mais onde.

A bem da verdade, sendo vendido é modo de falar, ali tem tudo isso para dar e distribuir. E, de graça!


Publicado por LuizcomZ em 14/10/2019 às 20h06
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
27/09/2019 06h46
ITAPOÁ

Inda que viva em

Tempos outros, haverá 

Amanhecer mais

Pujante e

Ornamentado que 

Aqui neste lugar?


Publicado por LuizcomZ em 27/09/2019 às 06h46
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/09/2019 12h33
VANIA CARRASCO

Na vida, nos deparamos com pessoas que por pouco que conhecemos, a impressão é que já nos conhecíamos há anos. Itapoá tem sido extremamente generosa comigo nesse sentido. Muitos novos amigos estão entre esses tais. A Vânia Carrasco é uma dessas pessoas, restava apenas nos aproximarmos. Não apenas dela, mas de todos dessa família. Tenho um enorme prazer em lhe dedicar este acróstico, embora modesto, é de coração. 

 

Vou dizer uma coisa, certamente

Amiga de tempos remotos.

Notadamente zelosa e atenciosa;

Idealista, confrade na doutrina e

Amante da sabedoria.

Cuidadosa com os familiares,

Atenciosa com todos, então,

Restava apenas a proximidade.

Riso fácil, porém, contido,

Ativa nos trabalhos

Seareiros do Mestre, e tem

Conhecimento da necessidade de

Oferecer mais que receber.


Publicado por LuizcomZ em 25/09/2019 às 12h33
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
20/09/2019 13h53
Seu dia, meu amigo.

...Isto é também um acróstico!

 

Lugares diferentes conheci;

Um de cada jeito e cor;

Indo para o planalto central,

Zanzando pelas QN, QS e W2,

Horas a fio até chegar

Em uma cidade nova.

Na direção de Taguatinga,

Reta da estrada parque,

Inteiramente erguida na vertical

Quadras e quadras,

Um ao lado do outro,

Edifícios de 12 andares

Como determinava a lei

Ordenada pela Anac.

Sobrevoou de aeronaves,

Todas passam ali por cima.

Águas Claras!

Coisa do Roriz, seu legado.

Amizade sincera nasceria,

Retratos de um período belo e

Determinante para nossos filhos.

Original, sem retoques, sem frescuras.

Nunca uma família 

Esteve e está tão presente.

Foram muitas alegrias;

Estivemos em cada um dos jogos

Levando e trazendo, ora um, ora outro.

Inclusive, brigando quando

Zoavam da nossa paciência quando

Anulavam um gol, juiz safado.

Nossa torcida resolvia no braço,

Invadia a quadra e peitava tudo,

Viesse quem fosse.

Eita bando de doidos,

Rose e Mônica só nas orações.

Sempre que dava, ajeitavamos

Alguma coisa para fazer, um

Restaurante, um vinho,

Impossível esquecer das pessoas

Onde habita a verdadeira amizade.


Publicado por LuizcomZ em 20/09/2019 às 13h53
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
03/08/2019 13h03
Soberano e a hóstia

 

Num encontro casual entre dois amigos, Soberano e Reginaldo, Reginado indaga à Soberano a respeito de algo que para ele seja sagrado.

Soberano, o que é algo sagrado para você?

Olha só como são as coisas Reginaldo, sendo eu católico praticante, devoto mesmo, na minha opinião, sagrado mesmo é a comunhão, é o momento em que o sujeito recebe a hóstia, o corpo de Cristo.

O que torna esse momento tão especial e sagrado, Soberano?

É que nesse ponto da nossa liturgia a pessoa precisa ser honesta, sincera e antes, precisa ser verdadeiro com seus sentimentos, deve primeiro ir se reconciliar com seus inimigos, pedir perdão pelas ofensas e só então estará apto a receber o corpo de Cristo.

Tá certo, só mais uma coisa... Em quem você votou para presidente e vice no último pleito eleitoral, Soberano?

Ah! Votei no Haddad e na Manuela.

Huummmmm!!!!

Por quê?

Nada não, só por curiosidade.


Publicado por LuizcomZ em 03/08/2019 às 13h03
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 1 de 58 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]