Meu Diário
15/11/2018 18h27
Passear, sair e interagir

 

Se hoje é quinta feira, por mais óbvio e simplório que possa parecer, ontem foi quarta feira. Hoje é 15, ontem foi 14. Pense nisso com mais amplitude. O dia de todos os Santos já passou e nem temos certeza de que no dia 1° de novembro deste mes, talvez e certamente, não há como lembrar o que fizemos durante esse dia. O temível dia 28 de Outubro, o dia em que as urnas poderiam trazer surpresas desagradáveis para uns, e trouxe, mas o medo era o de que  seriam manipuladas, esse dia também já passou. E a copa do mundo de futebol no Brasil? Já vimos a França vencer a seguinte, na Rússia. E o hexa tão esperado ficará para a da Ásia. Ou não. Fico olhando para pessoas que irão passar mais um dia sem saírem de casa, não porque não podem andar ou dependam de outros para se locomoverem, mas porque não querem conhecer gente, não querem falar com gente. Gente é um universo em si. Marco Antonio, imperador Romano da Escola Estóica de Filosofia, dizia que sempre que morre um ser humano é uma perda irreparável, pois deixaremos de conhecê-lo, de saber dele, daquilo que o movia, o inspirava, aquilo que era importante para ele, o mínimo que ele sabia deixou de ser conhecido. Deixamos de interagir com pessoas que só terão a oportunidade de se mostrar se lhes dermos a chance de se comunicarem conosco. Que triste é o desperdício do dia. À noite as pessoas se recolhem à espera de repetir tudo igual no dia seguinte. 


Publicado por LuizcomZ em 15/11/2018 às 18h27
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.