Textos


Ser ou não ser, eis a questão!
Frase de efeito e mundialmente conhecida,
vale dizer que não sofreu alteração.


Dia desses aqui no KYOZKY LuizcomZ, em companhia de um cliente, hoje já o considero um amigo, Paulo Bertoldo, falávamos acerca dos ditados populares, entre tantos citarei dois, quem não tem cão, caça com gato”, foi desvirtuado do original, “quem não tem cão, caça como gato”, noturno e sorrateiramente. “Nossa, esse menino é cuspido e escarrado ao pai!, quando o correto seria, “Esculpido em Carrara, ou seja, cinzelado no nobre mármore de Carrara, região italiana de Carrara, e sempre esculpido por habilidosos escultores, dentre eles, Leonardo da Vinci. Assim é que, papo vai, papo vem, nesta terça feira, 24 de Setembro, outra amiga nossa, Ligia Carrasco, comentou a respeito de algo semelhante, uma frase atribuída a filósofos, inclusive, Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe a sua vã filosofia, mas que na verdade é de um personagem de Shakespeare, em A Tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca, escrita entre os anos 1599 e 1601, Hamlet tenta esconder de Horácio e Marcelo o seu encontro com o fantasma do pai, mas acaba cedendo em troca da promessa de que ambos não comentem o ocorrido a ninguém e pede que jurem por isso. E durante esse pedido de juras, o fantasma do pai os envolve e sussurra, - Jurem. Horácio, assustado diz, - Ó dia e noite, mas isso é formidavelmente estranho! Hamlet devolve, - E, portanto, sendo estranho, dê-lhe as boas-vindas! Para em seguida inteirar, - Há mais coisas no céu e terra, Horácio, do que foram sonhadas na sua filosofia. Passados os séculos, a frase sofreu deturpações sendo repetida da forma popularesca que se conhece.


Em tempo: esta crônica contou com a ajuda dos nossos colaboradores, Google e Wikipédia.
Foto do texto: acervo imagens Google.
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 25/09/2019
Alterado em 25/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários