Textos


              Odair, o Verdadeiro Perdão...
 

Hoje estive no SAIS para retirar um
medicamento de uso continuo, e pelo horário,
percebia-se o porque de tão vazio e calmo,
apenas os dois atendentes, Paulo e Odair.
Como da vez anterior havia sido atendido
pelo Paulo, preferi trocar, já que Odair estava
no primeiro guichê. Conversamos um pouco
sobre amenidades, do calor que fazia nos
últimos dias e se nós, minha esposa e eu,
havíamos nos acostumados com o calor de
Indaial. A conversa fluía bem até o momento
em que Odair pediu a 'carteirinha branca',
como é conhecida a Carteira do Sus, que é a
mesma do Sais. Não havia levado. Apenas o
documento de identidade. Odair olhou para 
mim com cara de reprovação e disse,
"- Olha, não costumo fazer isso, mas, só vou
liberar por que o Sr já é nosso conhecido,
vem toda semana e além do que está inscrito
aqui no sistema..."
Fiquei contente e sem jeito, já que eu mesmo
acho muito feio e indelicado que alguém fure
filas, dão 'carteiradas' ou se fazem de sonso
para serem atendido. Mas, Odair não me deu
nem tempo ou chance de falar qualquer coisa
e emendou...
"- É muito chato fazer concessões para uns
sendo que todos tem o mesmo direito, assim
como todos tem a mesma obrigação de portar
o documento certo para o atendimento."
Sorri. Só poderia sorrir naquele momento.
Pedi desculpas e esperei pela conclusão do
atendimento. Embora o tom da conversa tenha
sido amigável e fluente, Odair manteve o
sorriso simpático e tranquilizador em seu rosto.
No momento de entregar o medicamento, fez
questão de lembrar que o "verdadeiro perdão
só se concede uma única vez
".
Perdoar a mesma falha mais de uma vez
já denota cumplicidade e falta de pulso, de
coragem para fazer a coisa certa e não 'aliviar'
a barra só pela amizade ou posição social, e o
pior de todos...
O interesse na 'troca' de favores. Mas, esta é
uma história diferente e verdadeira.
Odair de fato concedeu um favor e facilitou o
atendimento mas, não sem antes deixar essa
pérola de lição através da frase que me chamou
a atenção e doeu no ouvido também. Ouvir
aquilo foi pior do que se ela tivesse recusado
atender e mandado eu de volta para buscar o
documento. Valeu, Odair!


Ps.: Apesar do nome ser conhecido por muitos
como masculino, Odair é uma morena simpática, linda, com um sorriso extremamente receptivo e
generoso. Deixa a todos que a buscam no
balcão do SAIS em Indaial - SC, um alívio, seja
através dos medicamentos ou do atendimento.
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 22/02/2014
Alterado em 13/04/2014


Comentários