Textos


1Quem é filho de quem?
 
Sei de muitas pessoas que tem vocação e disposição para o voluntarismo e a beneficência para com os animais e até os que cuidam de todos que inspiram cuidados e são impedidos ou indefesos.
O Mundo Cão de Ivone Simão
O que significa dizer que não se consegue ser assim 24 horas por dia, 30 dias por mês e 365 dias por ano. Sim, me refiro a ser consciente o tempo todo. Ter a conduta inabalada e focada no fazer o bem sem olhar a quem ou o quê. Esses abnegados existem, antes que pensem que não os reconheço. No entanto, quando falo de conscientização constante, isso fica restrito a um grupo bem diminuto. Saio à rua e vejo um animal ferido, atropelado, então minha consciência diz o que fazer. Se fizer, muito bem. Do contrário, sigo e outro há de se condoer mais que eu e fará o que tem que ser feito. Eu deixei de ser o que era só porque não parei para ajudar? Se quem parou em seguida fosse alguém que acabara de fugir de um presidio de segurança máxima por crimes de latrocínio (assalto seguido de morte), isso o torna bom?

Quando se diz que o cachorro é uma criatura de Deus e que por isso requer cuidados, tem uma questão ainda maior a ser pensada quando se envolve o Creador. Estou admitindo que Deus existe e presencia a tudo. Então alguém realmente envolvido com causas humanitárias e animais de toda espécie, um verdadeiro samaritano, passa pelo local e pensa, um cachorro atropelado, vou levá-lo para casa, cuidarei até que se recupere e ainda vou procurar alguém que o cuide. Muito bem, ainda no trajeto para casa, pisa em uma lacraia que inocentemente atravessa seu caminho, afinal esse bicho pode ferir alguém distraído. Chegando em casa percebe uma barata no batente da porta, pisa e esmaga com asco empurrando para longe. Ainda antes de dos primeiros cuidados com o cãozinho, com um mata-moscas, esmaga sem pestanejar umas duas ou três que voavam pelo local. Então vem a pergunta? Só o cachorro é criatura de Deus? A lacraia, a barata e as moscas são criatura de quem? Tem outro Deus ou são filhas do coisa ruim? Portanto, há coisas que não se pode evitar, e coisas que podemos evitar.
Podemos evitar antes de qualquer coisa, o pré-julgamento, evitando assim falar sobre o que não se conhece.
Não consigo, embora venha tentando desde há muito melhorar dia a dia. Sei também que existem apenas dois tipos de pessoas neste planeta, as Boas e as Más. Ainda sou uma pessoa Má, mas no caminho do bem, porém, ainda não consigo ser bom o tempo todo.
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 19/12/2020


Comentários