Textos


Carta Aberta
Exmo. Sr. Prefeito
Marlon Neuber.
 
Partindo do princípio de que é um homem que tem ou frequenta alguma congregação Cristão, logo, crê em Deus, penso sinceramente que está perdendo uma excelente oportunidade em sua missão para a qual se postulou. Sabes que neste plano, nada é ao acaso. Tens a oportunidade de fazer algo diferente, de não ser apenas mais um entre tantos que mediocremente pensam apenas ao redor do próprio umbigo. Não terá nova oportunidade. Não me refiro a se eleger novamente. Isso já se mostrou possível e pode acontecer outra vez. Competência e legitimidade são bem diferentes de astúcia e conchavos. Mas o momento em que uma cidade inteira passa por algo em que todo o planeta passa, e que alguns são coerentes e arrojados, destemidos e sinceros para com o cargo, o senhor, ao contrário, faz fila aos que se aproveitam de uma dádiva dada por Deus para testar-nos, a vós como líder, e a população como esperançosa e ávida por soluções. Será que Moisés, ao invés de levar seu rebanho à salvo, o trancassem dentro de suas casas, estariam hoje em terra firme? Por favor, não penses que o comparo com o Profeta, é apenas uma analogia. Quando as grandes calamidades acontecem, todas são da Onisciência do Pai criador. Não importa os meios, se o castigo foi criado num laboratório ou não, Ele assim permitiu e era sabido da parte Dele que nestes dias nos poria à prova. A população estaria nas mãos daquele a quem Ele permitiu tal missão, seja como legislador ou executivo. E o que o senhor tem feito? Esta é uma pergunta de retórica. Responda a você mesmo. Cada um dos senhores que assumiram um cargo em períodos como este, foram colocados ali para fazerem algo por seu rebanho perante ao Cajado superior. E o que tens feito? Sabes que pode mudar o rumo de suas atitudes em relação aos trabalhadores e empresários que lhe proporcionam arrecadação para sua gestão. Você sabe que trata seu rebanho de forma diferente, com interesses outros que não a equidade e igualdade. Lembre-se deste preceito, muito será cobrado a quem muito foi dado, teve em suas mãos por dois mandatos a oportunidade de deixar um legado onde sua vontade próprio seria oprimida em prol da comunidade. O senhor acha mesmo que isso vai passar em branco aos olhos de quem lhe deu essa chance? Ou pensas que sua manobra pelas brechas da lei o beneficiariam, se Ele não o quisesse? Você está onde está por que era para fazer a coisa certa. Trancar as portas e destinar seu rebanho à miséria e ao desespero não era essa a paga que Deus esperava de um dos seus escolhidos, as sementes que lhe fora dado, jogastes em solo infértil propositalmente. Pior, separou para ti as que deram bons “frutos”. Enquanto tantos lutam contra o sistema, defendem seu povo, o senhor se mostra mesquinho, corporativista e medíocre. Sabes que será cobrado por isso. Não se esconda atrás do problema, seja a solução.
 
Atenciosamente,
LuizcomZ.
 
 
Em tempo: Feliz Páscoa, a você e aos seus!

Figura do texto: O Juízo Final, Michelangelo.
LuizcomZ
Enviado por LuizcomZ em 04/04/2021
Alterado em 04/04/2021


Comentários